Casa dos Contos Eróticos

Surpresas da Vida (A revelação de Max) - 13 Mar 2016

Autor: Skinhead
Categoria: Homossexual
Data: 10/10/2017 13:12:10
Nota 10.00
Assuntos: Gay, Homossexual
Ler comentários (2) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

[Depois de uma experiência violenta onde José Pedro quase foi roubado e surrado, sendo na última hora salvo por ninguém menos que Max, após insistência aceitou a oferta do atacante para ir a sua casa se recompor e cuidar de ferimentos leves, e enquanto tomava banho foi surpreendido por um acontecimento que mudaria sua relação com o atacante bad boy ].

Enquanto se ensaboava tranquilamente, JP se assustou ao ver Max entrando totalmente nú no Box para lhe fazer companhia.

-Que porra você está fazendo aqui Max?!

-Qual o problema?! Parece que nunca viu ninguém pelado... Estou cansado de tomar banho no vestiário com o pessoal do Futsal, mais de 10 machos tomando banho, fora os reservas... Está espantado por quê?

Vai me dizer que o pessoal da natação não usa os chuveiros depois do treino?

- Claro que sim!Mas tomamos vestidos, disse JP nervoso com a presença do atacante.

- Você deveria se acostumar JP, coisas como essa são normais entre esportistas, ainda mais que você é atleta como eu e sempre aparecerá torneio inter colégios e até viagens para outros estados, disse Max enquanto já se ensaboava.

Apesar de incomodado, JP aceitou dividir o chuveiro com Max, mas um risinho incontido do atleta lhe chamou a atenção.

- Tem alguma coisa engraçada aqui por acaso?

-Ter tem, acabei de pensar em um novo apelido para você, “bundinha” vai ficar perfeito!

Após dizer isso, Max desferiu um tapa na bunda de JP que estalou no Box.

Assustado, “peixinho” tentou sair mais foi contido por Max que lhe agarrou pela cintura, encostando seu cacete duro em sua barriga.

Ao se ver acuado no Box pelo atacante,lhe veio a cabeça os momentos de pânico com Erik,de como foi forçado e violentado,então seus olhos se encheram de lágrimas imediatamente, iniciando um choro,já prevendo uma repetição do ocorrido, mas que foi contido por Max que disse:

- Não chore JP, eu não vou lhe fazer mal, não é minha intenção, se quisesse seu mal teria lhe deixado lá na parada de ônibus, falava Max enquanto apalpava a bunda e fazia carinho no rosto do nadador.

Devido a aproximação com Max, JP sentia algo diferente em seu corpo: sua temperatura estava alta,seu corpo tremia e seu coração batia forte,e o cheiro de Max penetrava suas narinas.

Em um rompante, Max tascou um beijo quente e molhado no nadador, que sentiu suas pernas ficarem bambas e seu corpo amolecer nos braços do atacante, sua respiração ficou ofegante, sua mente estava em conflito: Por um lado queria se opor ao momento,mas ao mesmo tempo queria continuar.

Era uma sensação surreal, logo ele que nunca tinha beijado nenhuma garota, estava lá aos beijos com o atacante-atração do time de futsal, um dos garotos mais desejados do colégio entre as Maria chuteiras e cobiçado pelos “Bambis” da instituição em uma situação inusitada.

Ao contrário da brutalidade ocorrida com Erik, o atacante era o oposto, após beijá-lo por um bom tempo e sentir JP mais receptivo, ele fechou o chuveiro e começou a secar o nadador, e para o espanto dele o pegou no braço e o conduziu até o quarto master de sua mãe, onde pegou um dos caríssimos óleo pós banho de sua mãe e começou a passar em JP,deitando depois ao seu lado,começou a fazer carícias em JP,acariciando-lhe as costas e pernas,dando arrepios e arrancando gemidos de “Peixinho”,Max alisava seu lombo,e delicadamente inseriu um dedo no farto rabo do nadador,que confuso perguntou:

-Porque eu?! Porque isso agora?! Eu não entendo, com tanta garota do colégio se matando para ficar ao seu lado, porque eu? Nunca pensei que você fosse gay.

Max foi direto e revelou sem rodeios a JP:

- Eu não sou fresco “peixinho”!Eu gosto de mulher, não sou chegado a macho e o único homem que acho bonito sou eu... Mas há algo em você que me faz sentir atraído “peixinho”, você mexe comigo emocional e sexualmente, eu gosto de você, é você que me faz sentir esses impulsos.

Ao acabar de ouvir Max, JP não se conteve e rindo falou para o atacante:

-Você disse que gosta de mim?! Sério?! Meu deus, você é doido Max!

Quem gosta não bate, não humilha, não ameaça e não oprime a pessoa que diz gostar, esse seu jeito de expressar seus sentimentos é estranho...

- Você acha que não sei disso?! Acha que era fácil eu ter que fazer tudo aquilo por não aceitar meus sentimentos por você?! Tratar você na tapa, lhe odiando por achar que a culpa de tudo na minha cabeça fosse você?!

Com os outros faço porque gosto, mas com você, sempre me sentia mal ao fazer...

Sem perder mais tempo, Max se posicionou entre as coxas de JP e aproveitando que ele estava relaxado, começou a lamber o cuzinho recém desvirginado do nadador, algo que apesar do momento não passou despercebido por Max, que continuava a lamber peixinho que já não se controlava e gemia sem parar e respirava ofegantemente...

-Nossa JP! Esse seu rabo é de deixar qualquer um louco... Nem acredito que vou desvirginar você, disse Max se fazendo de sonso.

José Pedro estava em êxtase, parecia que ele estava em outro mundo, outra dimensão, era algo novo para ele, Mas o estava levando a loucura, até que não agüentando mais se conter, começou a implorar:

- Me fode Max! Eu quero ser seu!

-É isso que você quer vadia?! Ser minha cadela?! Disse Max excitado.

A resposta de JP a Max se resumiu em uma só frase:

- Me arregaça atacante!

Aquela frase foi como um sinal verde para Max, que abriu uma gaveta e retirou um frasco de KY, “besuntando” seu cacete, começando a roçar no rabo lubrificado de Peixinho.

- Sempre sonhei com esse dia “peixinho”, vou deixar você só o “sushi”, só o filé sua puta rabuda!

Sou maluco por esse rabo roliço e branco desde que te vi no colégio, vou comer esse cuzinho até umas horas JP! Você vai de rabo assado para o treino...

Max forçou sua rola no rabo de JP, que apesar de estar laceado não teria vida fácil com a madeira de Max, que não era gigante, apesar de ser superior a dos gêmeos em tamanho e grossura.

O atacante começou a forçar a entrada no rabo de JP que gemia e soltava lágrimas devido as dimensões do membro de Max, que ficou imóvel esperando “Peixinho” se acostumar ao tamanho.

Após sentir JP mais relaxado, Max começou a bombar forte no rabo do nadador que gemia a cada estocada do atacante, ”Peixinho” sentia como se estivesse sendo rasgado...Seu corpo suava e em seu rosto,a expressão de prazer era evidente,ele sentia seu rabo sendo alargado por aquele caralho vultoso, grande e quente,ele sentia o peso de Max e seu peito macio sobre ele,que lambia e mordiscava sua orelha,fazendo-o revirar os olhos.

A penetração era um misto de carinho e brutalidade, ora devagar e com afeição, ora forte e com rapidez, JP gemia de dor, chegando a agarrar na cabeceira da cama, Max diminuía e depois enfiava centímetro por centímetro de seu nervo duro dentro do nadador.

JP estava alucinado e pedia mais e mais ao atacante:

- Me fode Max! É só isso que você pode me dar?! Me fode louro... Me enche de leite!

Max acelerou o ritmo das bombadas, penetrando com violência o rabo de JP que gemia cada vez mais alto excitando o atacante cada vez mais.

-Está gemendo Cadela?! Não era isso que você queria?! Uma Rola grossa nesse rabo redondo?! Então agüenta fresco!

JP já não estava agüentando, tanto que já estava mordendo o travesseiro num misto de prazer e dor.

Foi então que para seu alívio, ele sentiu um jatadas de esperma quente dentro dele seguido de um urro seguido de espasmos de Max:

-Aaaaaaah! Aaaaaaa! Isso! Isso! Toma leite do seu macho vadia! Nunca pensei que seria tão bom...Que trepada Peixinho...

Max retirou seu cacete do rabo detonado de JP, que começou a escorrer porra do “caneco”, melando a coxa da cama de sua mãe.

-Nunca pensei que seria tão gostoso JP, sempre esperei esse momento... Bem, apesar de querer dar mais uma, acho que temos que tomar outro banho e almoçarmos, pois o dia não acabou e temos nossos treinos.

As palavras de Max o trouxeram a realidade, “peixinho” estava somente de farda, sem seu material de treino: sem roupão, mochila, sunga e óculos.

-Que droga Max! Como vou fazer agora sem meu material?!

-Você pode ficar comigo, ao invés de irmos treinar poderíamos ficar aqui juntos, disse o atacante rindo.

-Isso não tem graça Max, eu já vou ter que explicar o motivo de ter gazeado as aulas de matemática, com certeza meus pais saberão dessa “pulada de cerca” minha, se eu faltar aos treinos será pior, poderei ser suspenso ou até perder minha posição no time.

Max pensou, pensou e disse:

-Vamos fazer o seguinte: Eu te empresto uma mochila que não uso para ir ao treino, tenho um roupão de minha mãe, posso lhe emprestar uma sunga minha, com certeza servirá em você, pois com seu bundão ficará justo.

Eu não tenho óculos e nem touca, mas aí é com você que pode ligar para algum amigo seu e pedir.

Melhor correr atrás agora...

Max e JP foram tomar banho para se recomporem, após o banho Max cuidou dos arranhões e do corte de JP, os deixando limpos e pôs um band-aid em sua testa.

Eles fizeram um almoço rápido no estilo “homem solteiro”, o almoço de Max era por entrega, mas como neste dia havia JP como convidado, oque o fez pedir uma porção maior de refeição.

Após passarem uma tarde juntos jogando Playstation e vendo filmes, Max sugeriu a JP que já se aprontasse e que adiantasse sua ida ao treino em uma hora.

JP vestiu sua farda e se espantou ao ver sua camisa sem as manchas de sangue.

-Estou espantado Max, nunca pensei que um playboy metido a Badboy e grosso como você entendesse de limpeza de roupa.

- Valeu a consideração JP! Defendo você, cuido de seus ferimentos, lhe ofereço banho, comida, diversão e rola e você ainda me ofende...

Rindo “peixinho” disse:

-Desculpa Max, eu retiro oque disse, você é apenas grosso, falou JP apertando o cacete do atacante.

-huuuum...Para quem sempre foi santinho,você está se mostrando bem safadinho JP...

“Peixinho” riu e disse: Todos têm um demônio dentro de sí Max, até você.

-Sei... Respondeu Max.

Sem perder mais tempo, ambos se arrumaram e depois de fecharem a casa, foram em direção a parada de ônibus, onde após uma breve espera pegaram o coletivo e rumaram até o colégio.

Enquanto conversavam, Max deu o número de seu celular e de sua casa a JP, o mesmo foi feito pelo nadador que falou:

-Agora sei para quem ligar quando estiver em perigo.

Ao chegarem ao colégio, ambos se despediram na área do vestiário, onde aproveitando não haver ninguém, Max agarrando peixinho pela cintura disse:

-Oque rolou entre nós hoje não foi somente uma ficada e sim o começo, depois do treino eu vou lá ver o final da natação... Treine como se meu cacete estivesse lhe esperando na chegada minha puta.

-Playboy convencido, falou rindo peixinho, que observou Max se afastar e tomar seu rumo para a quadra, deixando JP só até que depois de alguns minutos foram chegando aos poucos mais alunos.

JP pode ver se aproximando Nara que se já era bela com a farda, com o maiô parava o “trânsito”.

Alegre como sempre ela falou:

- Ei garoto! Que negócio é esse?! Resolveu abrir a natação mais cedo foi?!

-Fazer o quê?! Para ser o melhor às vezes temos que fazer sacrifícios.

Mas ao se aproximar de JP a expressão de Nara mudou, de alegre para espanto.

-Que porra é isso JP?! Oque aconteceu? Quem fez isso com você?!

Aliás, não me diga, eu sei muito bem quem foi! Só pode ter sido aquele desgraçado do Max...

Vai ser a última vez que ele importuna você.

-Não foi o Max Nara! Ele é inocente...

-Não tente me enganar JP! Você não estava nas duas últimas aulas de matemática e assim como você, o Max sumiu no último horário.

E tudo isso aconteceu depois daquela discussão que vocês tiveram e que Odalthir teve que conter ele para não lhe bater, e agora você aparece com o rosto marcado, esse corte na testa e arranhões.

Continua...

Comentários

13/10/2017 01:05:21
Eu gosto dos adjetivos... Acho que apimentam ainda mais
11/10/2017 04:09:44
QUEM DIRIA MAX... VAMOS VER COM OS GÊMEOS QUAL SERÁ A ATITUDE DE MAX. MAS JP PRECISA CONTAR. JESUS, QUANTA COVARDIA ADOREI MAX. ME PARECEU ATÉ MEIO CARINHOSO E PREOCUPADO COM O PARCEIRO. APENAS NÃO GOSTO DESSES ADJETIVOS TIPO PUTINHA, VADIA ETC ETC .

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.